Um Dos Estudantes Que Participa Do Projeto É Erick Fernando Gonçalves, Aluno-bolsista Do 4º Período Do Curso De Turismo.

A cada nova temporada o problema se repete: a quantidade de banheiros públicos nas orlas das principais praias da região quase nunca é suficiente para atender a demanda que cresce nesta época do ano. Em Matinhos, contudo, a questão vai além: banheiros químicos espalhados pelo calçadão e que poderiam ser usados por quem não está tão próximo de um dos quatro conjuntos de banheiros da Avenida Atlântica permanecem dia e noite trancados. Por isso, turistas que precisariam usá-los são obrigados a dar um jeitinho para aliviar a bexiga, nem que isso signifique correr rapidamente para casa.

Além disso, os participantes do “Turismo Solidário” desenvolvem atividades culturais com eles e ajudam as tribos em algumas das suas tarefas. Foi o que aconteceu em Guaraqueçaba, quando eles auxiliaram os Kuaray Haxa a construir a sua Casa da Reza. Em troca, recebem afeto, atenção, gratidão e o direito de assistir às apresentações culturais que os índios fazem, como os cânticos (em guarani) feito pelas crianças da comunidade de Morretes, que possui inclusive uma escola. A professora Luciane explica que, quando começou a ser desenvolvido com os índios, o “Turismo Solidário” também tinha como objetivo inicial ajudá-los a desenvolver uma fonte de renda por meio do turismo e possibilitar a troca cultural. “Nós queríamos fazer uma grande troca de culturas e ajudá-los a ter uma fonte de renda, mas vimos que não era bem o que eles queriam. A comunidade de Guaraqueçaba queria que ficássemos um dia inteiro com eles. Queriam retribuir o que demos a eles e mostrar um pouco da sua cultura para nós”, conta. Para 2018, Luciane pretende elaborar um curso de extensão sobre cultura indígena, que será lançado na Semana do Índio, em abril. Um dos estudantes que participa do projeto é Erick Fernando Gonçalves, aluno-bolsista do 4º período do curso de Turismo. Ele acha que a experiência nas comunidades indígenas está sendo muito útil.

são josé dos pinhais